terça-feira, 20 de janeiro de 2009

O circuito italiano de Colombo

.

Saímos para um passeio de família no último sábado.

Eu pretendia descobrir alguma coisa sobre o turismo rural em Colombo, próximo a Curitiba, mas não encontrava nenhuma informação na internet.

Na página de secretaria estadual de turismo aparece um link para uma página do
Circuito Italiano - o trajeto do turismo rural colombense, mas a página está inativa. Procurei ainda pela pousada Quintas de Bocaiúva, da qual fiquei sabendo pelo Guia 4 rodas de 2003. Mas não achava página na internet, e o telefone informado não funcionava.

Depois descobri que a pousada e seu restaurante fecharam há cerca de dois anos.

Decidimos arriscar um passeio de carro pela Rodovia da Uva para tentarmos descobrir alguma coisa. Paramos em uma ótima vinícola, a Franco Italiana, onde compramos um vinho doce pras mulheres e um Merlot produzido a partir de uvas plantadas em Bento Gonçalves (RS). O espumante também era muito bom. Se não me engano, a localização fica aqui (há uma pequena placa dizendo "vinícola" na entrada - uma rua de terra):


Exibir mapa ampliado

Ali conseguimos um folder do circuito italiano, que inclui um mapa tipo croqui. E pegamos a diga de alguns lugares para almoçar.

Fomos olhar o restaurante Bosque Italiano, um pouco mais à frente, e resolvemos ficar por ali. Não nos arrependemos, a não ser pelo fato de ser um dia chuvoso. Por isso, as crianças não puderam aproveitar tão bem o espaço formidável da chácara onde fica o restaurante. A comida foi surpreendentemente boa. O chefe Mello (proprietário do restaurante) transformou a tal "comida rural" numa bela experiência gastronômica. Saladas variadas (alface com manga e morango, ervilhas frescas com bacon, tomate com cebola e orégano, entre outras), a melhor polenta que já comi, espaguete alho-e-óleo. E um frango assado que usei como desculpa para comer com o imperdível molho de pimenta (com calda de laranja, alho, loro e anis estrelado).



O restaurante fica aqui:


Exibir mapa ampliado

Depois seguimos um pouco adiante, e visitamos o centro administrativo de Colombo, com um bom comércio, e uma belíssima igreja. Visitamos ainda uma chácara que vende morango orgânico. Passamos em um café colonial só para ver como era - depois daquele almoço não dava mais para comer tanto.

E voltamos para casa decididos a fazer o passeio de novo, para irmos nos lugares que não conseguimos conhecer desta vez...

.

5 comentários:

Neto Goulart - Coxa Branca de Coração disse...

André, uma vez fiz este passeio e almoçei em um lugar bastante legal, era uma vinicola também, mas não me lembro se era esse o local não, comida muito boa, musica ao vivo. Infelizmente esses passeios não são divulgados principalmente aqui em Curitiba.
Boa dica, recomendo um um restaurante em 4 barras que fica ao lado da linha do trem, mas que infelizmente não lembro o nome.

Sonia Regly disse...

André,
Legal, passear com a família é um passeio que devemos fazer sempre, pois é gratificante. Estou linkando o Página de Cultura,pois quando trocamos o template,não sei oque houve, seu link não apareceu. Agora que aprendi a linkar,e mexer em algumas configurações, estou adicionando de novo o Páginas de Cultura, ok???Abraços

Anônimo disse...

Realmente Colombo tem lugares lindos para serem visitados. Além de um povo receptivo, educado e trabalhador.O Circuito Italiano está sendo reestruturado, com novo material gráfico, em breve a sinalização estará toda recuperada. Recomendo que visitem a Chácara É da Pam, Restaurante e Café Colonial, é bem casa de vovó. Decoração rústica, temperos deliciosos. Você se sente como estivesse na casa da avó. Nossa dá uma saudades!!! Vale o pena. O site é www.cafecolonialedapam.com.br, fica na Estrada da Ribeira, próximo a entrada da Estância Betânia.

André Egg disse...

Depois do dia que escrevi este post, voltei a Colombo e comi no Café da Pam.

É bom pra caramba. Bem caseiro. Tudo feito com muito cuidado. Tem espaço pras crianças brincarem, uma trilha no bosque, etc.

Vale a pena conhecer.

Anônimo disse...

Bem que a prefeitura de Colombo e os proprietários dos estabelecimentos do Circuito Italiano poderiam postar fotos e videos com suas localizações no Google Earth e no www.panoramio.com
Isto iria melhorar bastante o turismo da região, pois também não tenho muita referência sobre este circuito e sempre fico adiando o passeio por falta de informação.